EXTRA! EXTRA! Conexões Artísticas... PROSPECTA!

Viver

Conexões artísticas

PROJETO - Profissionais e artistas de vários grupos se encontram a partir de hoje na Funcarte, para o Prospecta 2009

20/01/2009 - Tribuna do Norte
Dênia Cruz Sckaff - Repórter

O ano começa bem para as artes visuais no RN. O grupo Fermentações Visuais, em parceria com a Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), abre os trabalhos do ano buscando uma sintonia com o novo, viajando entre a observação e a descoberta de novas forma de fazer arte. Trata-se do projeto Prospecta que começa hoje e vai até sexta-feira (23/01), na Capitania das Artes. O projeto, que tem apoio da Funarte, pretende debater quatro focos das artes visuais contemporâneas: a fotografia, a intervenção urbana, o vídeo arte e a performance. Durante o evento serão oferecidas oficinas, mesas redondas e ainda mostras de vídeos.

O projeto é idealizado pelo Grupo Fermentações Visuais — formado pelos artistas Jean Sartief, Sânzia Pinheiro e Adriana Lopes — e nasceu da vontade de mostrar a produção artística potiguar, ao mesmo tempo fazer um intercâmbio com artistas de todo o Brasil. O objetivo do grupo é criar uma nova subjetividade e provocar a educação cultural por meio dessas artes.

A abertura do edital da Fundação Nacional de Artes (Funarte), ligada ao Ministério da Cultura, serviu de alavanca do projeto. A partir daí, o grupo foi então em busca da parceria com a Funcarte para viabilizar a participação legal na processo de seleção, visto que a Funarte só aceitava inscrição de instituições jurídicas ligadas ao fomento da arte. Trâmites legais resolvidos era só esperar a aprovação, que veio no final do ano passado.

Para a coordenadora do núcleo de Artes Visuais da Capitania das Artes e uma das idealizadoras do projeto, Sânzia Pinheiro, o envolvimento local com o projeto é de extrema importância o para o desenvolvimento da arte no Estado: ”O maior investimento é em uma formação horizontal. O que se pretende é possibilitar discussões acerca do que está sendo feito, não é ensinar. Todos os convidados estão no mesmo patamar”.

Especialistas

O Prospecta contará com dez profissionais, entre artistas e especialistas em arte, que irão refletir sobre as artes visuais no país, bem como produzir um levantamento do que se faz e se pensa em relação ao tema. De São Paulo (SP) foram convidados Eduardo Verderame (representando o coletivo Experiência Imersiva Ambiental- EIA) e Flávia Vivacqua, do RJ vem a artista Daniela Labra. Entre os convidados potiguares estão José Frota, Civone Medeiros, Henrique José, Jefferson Alves, João Natal (representando a Fundação José Augusto), e um representante da Funcarte

O Prospecta 2009 tem início hoje com palestra de abertura às 18 hs, proferida pelo paulista Eduardo Verderame. Na quarta-feira (21/01), começam as oficinas, sempre das 14h às 17h; nesta quarta será ministrada a oficina de performance, fotografia e intervenção urbana; em seguida acontece a Mostra de Vídeos, e encerrando o segundo dia a mesa redonda, com o tema “Performance”, debatido por Civone Medeiros (RN) e Daniela Labra (SP), das 19 às 21 hs. Nos dias 22/01 (quinta-feira) e 23/01 (sexta-feira), a oficina e a Mostra de Vídeos continuam. A diferença está nas mesas redondas, que terão novos temas e novos participantes, na quinta-feira: Zé Frota (RN), Jefferson Alves (RN) e Henrique José (RN) conversam sobre “Fotografia”, e na sexta-feira é a vez de Flávia Vivacqua, João Natal e um representante da Capitania das Artes, cujo nome ainda será confirmado, que abordarão o assunto “Políticas Públicas”.

Pilares do prospecta

A fotografia artística é a arte de fotografar de maneira não convencional, em que não existe uma preocupação única de retratar a realidade. O fotógrafo registra o tema de uma forma que transcende o tido como normal, ele usa sua emoção, sua expressão e a sua perspectiva do mundo na imagem que produz. Da mesma forma que um pintor, um escultor ou qualquer outro artista o faz. A fotografia artistica precisa se libertar da idéia de produzir fotos em que a luz, distância focal, foco e velocidade estejam em perfeita harmonia, mas também tem o domínio da técnica porque é necessário conhecer o convencional para ousar.

Video Arte

É uma forma de expressão artística na qual o vídeo é o elemento principal. Surgiu na década de 60, como meio artístico, num contexto onde os artistas desejavam provocar uma arte contrária à comercial. Supõe uma nova inter-’relação entre imagem e espectador, uma nova linguagem, em que imagem sai da tela para interagir com o resto do meio, integrando as imagens junto aos demais elementos que a formam. Ajudado pelas novas tecnologias, esta arte consegue projetar as imagens além do vídeo e ampliar o leque de possibilidades criativas..

Intervenção Urbana

É a arte de inventar e intervir diretamente sobre o urbano, suas categorias e o impacto no cotidiano. Nos grandes centros urbanos, é vista como a arte de intervir sobre o estabelecido, pode gerar dúvidas e tensões de várias naturezas. Se propõe entender a cidade, seus atores e seus equipamentos públicos como um meio e suporte flexível.

Performance

A Performance é uma modalidade de artes visuais que combina elementos com o teatro, e em algumas situações com a música, poesia e o vídeo. De modo geral, não permite participação do público em suas interferências, deve ser compreendida a partir dos desenvolvimentos da arte pop, do minimalismo e da arte conceitual das décadas de 1960 e 1970. As performances estão sendo amplamente realizadas, orientadas pelas tentativas de dirigir a criação artística às coisas do mundo, à natureza e à realidade urbana.


Elo: Conexões artísticas - Tribuna do Norte
20 Jan 2009 ... Entre os convidados potiguares estão José Frota, Civone Medeiros, Henrique José, Jefferson Alves, João Natal (representando a Fundação José ...
tribunadonorte.com.br/noticia.php?id=98504

Um comentário:

Romério Rômulo disse...

civone:
soube de você pelo moacy cirne e cheguei aqui pelo bicho esquisito.
romério
http://romerioromulo.wordpress.com