Textamento d'Amor: Demasiada & Humanamente Atualizando & m'Apropriando do H.Hesse


❤ » 'Quanto mais envelheço, quanto mais insípidas me parecem as pequenas satisfações que a vida me dá, tanto mais claramente compreendo onde eu devo procurar a fonte das alegrias da vida. Aprendi que ser amada não é nada, enquanto amar é tudo (...).

O dinheiro não é nada, o poder não é nada. Vejo tanta gente que tem dinheiro e poder, e mesmo assim são infelizes. A beleza não é nada. Vejo homens e mulheres belos, infelizes, apesar de sua beleza. Também a saúde não conta tanto assim. Cada um tem a saúde que sente. Há doentes cheios de vontade de viver e há sadios que definham angustiados pelo medo de sofrer.

A felicidade é amor, só isto. Feliz é quem sabe amar. Feliz é quem pode amar muito. Mas amar e desejar não é a mesma coisa. O amor é o desejo que atingiu a sabedoria. O amor não quer possuir. O amor quer somente amar.'

^Hermann Hesse pour moi, C!V ~ www.naredecomcivone.blogspot.com

Um comentário:

Ivone Boechat Oliveira disse...

Amadurecer

Ivone Boechat (autora)

Quanto mais vivo,
quanto mais insípidas
me parecem
as pequenas satisfações
que a vida me dá,
tanto mais claramente
compreendo
onde devo procurar a fonte
das alegrias da vida.
Ensino e aprendo
que ser amado
é jogo de sedução,
onde quem perde
ou ganha é campeão...
O dinheiro não é nada,
a fama, o poder...
tudo isto é importante,
se for planejado
para ser feliz,
compartilhar,
viver.
Publicado no meu livro AMANHECER 3ª.Ed Reproarte -RJ 2004